Uma obra de arte criada com um balão e duas horas de casa de banho

0
121

Estava o menino brincando com o seu balão, quando o mesmo caiu dentro da sanita. Com nojo de pegá-lo, acabou deixando o brinquedo ali mesmo.

Pouco depois, chega o pai do menino, doido de vontade de usar o “trono”. Com um jornal nas mãos, não percebe o balão do filho, senta-se e, durante a leitura, vai fazendo o que necessita.

Duas horas depois, o jornal lido de uma ponta à outra e o balão completamente coberto, o homem se levanta e leva aquele susto:

-Meu Deus! Que é isto? Quanta coisa!

Atordoado, liga para o seu médico. Explicando a situação, o médico avisa que está a caminho para tratar o caso. Chegando lá, o doutor é levado para ver a “obra” monumental. E também se assusta.

-Cruzes! Mas isto cobriu todo o vaso! Deve ter te sujado toda a bunda.

-Sem piadas, por favor, doutor. Estou desesperado! O que será que eu tenho?

-Não sei. Deixe-me examinar o “material”.

O médico tira uma espátula da bolsa para coletar um pouco das fezes. Mas,assim que toca no material, o balão estoura e voa aquilo tudo pra tudo que é lado.

Estupefato, o médico olha para o homem, ambos cobertos de merda, e diz, conclusivo:

-Sinceramente, já vi muita coisa na vida, mas nunca tinha visto um peido com casca.