Lucas o aluno que afinal era mais espero do que o professor

0
1139

A professora estava com dificuldades com um dos alunos.

– Lucas, qual é o problema?

– Sou demasiado inteligente para estar no primeiro ano. A minha irmã está no terceiro ano e eu sou muito mais inteligente do que ela, quero ir para o terceiro ano também!

A professora vê que não vai conseguir resolver o problema e manda-o para o conselho directivo.

Enquanto Lucas está na sala de espera, a professora explica a situação ao director, este decide fazer um teste ao miúdo.

A professora então chama o Lucas e explica-lhe que lhe vão fazer um teste e caso ele responda correctamente a todas as perguntas passará automaticamente para o terceiro ano.

O Director começa:

– Lucas, quantos são 3 vezes 3?

– 9.

– E quantos são 6 vezes 6?

– 36.

E o director continua com as perguntas a que um aluno do terceiro ano deve saber responder e Lucas não erra nada. O director diz para a professora:

– Acho que vamos mesmo ter que passar o Lucas para o terceiro ano.

– Posso fazer algumas perguntas também, Sr.Director? Pergunta a professora.
O director concorda e a professora começa:

– A vaca tem quatro e eu só tenho duas o que é?

Lucas pensa um instante e responde:

– Pernas.

Ela faz-lhe outra pergunta:

– O que é que tu tens nas tuas calças que eu não tenho nas minhas?

O director arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper…

– Bolsos. Responde Lucas.

– O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás no homem?

Estupefacto com as questões, o director prende a respiração…

– A letra “M”. Responde o miúdo.

A professora continua o questionário:

– Onde é que a mulher tem o cabelo mais encaracolado?

– Em África.

– O que é que é mole, mas na mão das mulheres fica duro?

– O verniz.

– O que é que as mulheres têm no meio das pernas?

– Os joelhos.

– O que é que a mulher casada tem mais larga que a solteira?

– A cama.

– Qual o monossílabo técnico que começa com a letra C e termina com a Letra U e ora está sujo ora está limpo?

– O céu.

– O que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio e eu já dei a várias pessoas?

– CD.

Não se contendo mais, o director interrompe, respira aliviado e diz à professora:

– Ponha o Lucas no quarto ano. Até agora EU errei todas!